.

You are here: Home

14ª Peregrinação da Família

1-cartaz-peregrina.curto

Inscrições abertas para a 14ª Peregrinação da Família!

A peregrinação a Fátima decorrerá nos dias 25, 26 e 27 de Abril.

Dia em Fátima - 27 de Abril

Para os que não fazem a peregrinação a pé, podem participar no programa do dia 27 em Fátima.

Continuar...

Galeria de Fotos

Clique para ampliar

cartaz peregrinacao 2012

art-vera-1

art-vera-2

art-vera-4

dsc02524

art-vera-1

art-vera-1

art-vera-1

art-vera-1

art-vera-1

art-vera-1

art-vera-1

art-vera-1

art-vera-1

art-vera-1

art-vera-1

art-vera-1

art-vera-1

art-vera-1

art-vera-1

art-vera-1

art-vera-1

art-vera-1

art-vera-1

art-vera-1

art-vera-1

art-vera-1

art-vera-1

art-vera-1

art-vera-1

art-vera-1

art-vera-1

art-vera-1

art-vera-1

art-vera-1

art-vera-1

art-vera-1

art-vera-1

art-vera-1

art-vera-1

art-vera-1

art-vera-1

art-vera-1

art-vera-1

art-vera-1

art-vera-1

art-vera-1

art-vera-1

art-vera-1

art-vera-1

art-vera-1

art-vera-1

art-vera-1

art-vera-1

art-vera-1

art-vera-1

art-vera-1

art-vera-1

art-vera-1

art-vera-1

art-vera-1

art-vera-1

art-vera-1

art-vera-1

art-vera-1

art-vera-1

art-vera-1

art-vera-1

art-vera-1

art-vera-1

art-vera-1

art-vera-1

art-vera-1

art-vera-1

art-vera-1

art-vera-1

art-vera-1

art-vera-1

art-vera-1

art-vera-1

art-vera-1

art-vera-1

art-vera-1

art-vera-1

art-vera-1

art-vera-1

art-vera-1

art-vera-1

art-vera-1

art-vera-1

art-vera-1

art-vera-1

art-vera-1

art-vera-1

art-vera-1

art-vera-1

art-vera-1

art-vera-1

art-vera-1

art-vera-1

art-vera-1

art-vera-1

art-vera-1

art-vera-1

art-vera-1

art-vera-1

art-vera-1

art-vera-1

art-vera-1

art-vera-1

art-vera-1

art-vera-1

art-vera-1

art-vera-1

art-vera-1

art-vera-1

art-vera-1

art-vera-1

art-vera-1

art-vera-1

art-vera-1

art-vera-1

art-vera-1

art-vera-1

art-vera-1

art-vera-1

art-vera-1

art-vera-1

art-vera-1

art-vera-1

art-vera-1

art-vera-1

art-vera-1

art-vera-1

art-vera-1

art-vera-1

art-vera-1

art-vera-1

art-vera-1

art-vera-1

art-vera-1

art-vera-1

art-vera-1

art-vera-1

art-vera-1

art-vera-1

art-vera-1

art-vera-1

art-vera-1

art-vera-1

art-vera-1

art-vera-1

art-vera-1

art-vera-1

art-vera-1

art-vera-1

art-vera-1

art-vera-1

art-vera-1

art-vera-1

art-vera-1

art-vera-1

art-vera-1

art-vera-1

art-vera-1

art-vera-1

art-vera-1

art-vera-1

art-vera-1

art-vera-1

art-vera-1

art-vera-1

art-vera-1

art-vera-1

art-vera-1

art-vera-1

art-vera-1

art-vera-1

art-vera-1

art-vera-1


Praia do Salgado - Fátima

Um Retiro Espiritual - Ser Santuário ALIVE

foto1Após alguns anos a adiar a participação na peregrinação a Fátima, devido a razões profissionais, foi finalmente possível este ano realizarmos este nosso desejo. Assim eu e minha esposa lá fomos cheios de ansiedade pois já tínhamos ouvido falar muito, de como eram bons aqueles dias passados a caminhar em direção a Fátima. Esta caminhada para Fátima não é só fazer quilómetros, mas sim viver de uma maneira diferente cada quilómetro feito.
Podia fazer aqui uma descrição do que foi a nossa vivência dia após dia, mas isso levaria muito tempo, e nunca conseguiria transmitir verdadeiramente o que se sente ao longo daqueles dias.
Foi uma caminhada que ao longo de 3 dias nos levou a Fátima e onde pudemos viver momentos verdadeiramente maravilhosos. Aqui partilho apenas, alguns desses momentos.

foto2

Começando pela maravilhosa missa do envio realizada na praia do Salgado, onde fomos convidados a fazer uma experiência de olhos vendados, onde a ausência do sentido da visão nos levava a apurar muito mais os outros sentidos e nos fazia pensar que mesmo sem VER podemos sempre ser guiados em segurança por uma mão invisível que está lá sempre para nos ajudar.
Ali mesmo à beira mar e já de olhos abertos, olhando ao nosso redor éramos confrontados com a nossa pequenez perante um mar imenso, que se estendia até ao horizonte. Era o inicio da nossa caminhada.

foto1

Os trilhos escolhidos para o percurso mantinham-nos num contacto constante com a natureza.
Esta atmosfera, em conjunto com a vivência espiritual preparada para a caminhada, nomeadamente, os momentos de reflexão, os testemunhos partilhados, os terços rezados em conjunto, e principalmente as horas de caminhada em silêncio fizeram destes três dias um verdadeiro retiro espiritual que cada um pôde viver à sua maneira.
Logo no inicio, fomos convidados a meditar na nossa pequenez e a pensar que o nosso orgulho e excesso de confiança nos podem fazer afundar sem darmos conta. No entanto não podemos esquecer nunca que “Deus ama-nos na nossa pequenez”.
Qualquer dor, ou sofrimento sentido na caminhada ao longo do dia foi completamente curada com a maravilhosa cerimónia que pudemos viver à chegada a Alcobaça. Só mesmo quem entrou no Mosteiro de Alcobaça no inicio daquela noite pode entender verdadeiramente quando digo que a cerimonia foi Mágica / Divina e nos transportou a uma nova dimensão.

foto4

A camaradagem entre todos os peregrinos, os novos amigos que se foram fazendo, o rever de velhos amigos fazia-nos sentir que estávamos a peregrinar como uma verdadeira família. E assim foi ao longo dos 3 dias, na caminhada, nas refeições, e até nas dormidas.

foto5

Foi assim que caminhando de “Santuário a Santuário” fomos descobrindo passo a passo, dia após dia “ qual o Santuário vivo que EU quero ser “.
Muitos foram “Espelhos", “Pontes", outros “Lemes" , "Sementes “ e “Faróis" , mas no final o importante é SER Santuário ALIVE, não só neste ano do Santuário mas em todos os anos da nossa vida.
A alegria da nossa chegada a Fátima era visível em todos os rostos, principalmente aqueles que ao longo dos dias sofreram bastante dos pés. Não vieram para "VER", vieram para “ SER" e conseguiram apesar das dificuldades.

foto6

Como casal da Liga das Famílias de Aveiro regressamos espiritualmente “ Cheios" e satisfeitos com a vivência desta peregrinação.
Ainda não tínhamos regressado a casa e já sentíamos força e vontade para voltar a repetir esta experiência / vivência. Recomendados e convidamos vivamente a todos os casais da Liga, assim como a todos os casais que não são do Movimento, Tirem 3 dias e venham SER.

foto7

Gostaria de deixar aqui em meu nome e com certeza em nome de todos os elementos da família de Aveiro que participaram um voto de parabéns a todos os elementos organização pelo excelente trabalho realizado.
Graças ao seu trabalho nós os peregrinos a pé, pudemos vivenciar sem preocupações cada momento daqueles 3 dias. Que a MTA lhes traga muitas graças e força para o ano fazerem ainda melhor.

santuario-alive

No próximo ano lá estaremos com a ajuda da MTA.

Fernanda e José Vilarinho

-

santuario-fatimaVens ver ou vens ser?

Testemunho: “Eu vou, Eu quero e Eu vou levar alguém comigo"

Dinâmica do 3º dia: Eu Santuário

Testemunho: "Surrender"

Continuar...

Surrender

art-vera-5É com muito orgulho e comoção que venho dar testemunho da concretização de um sonho da nossa Família.No ano 2000, realizámos a primeira Peregrinação da Família de Schoenstatt. Éramos apenas cerca de cinquenta pessoas, na grande maioria, adultos. Durante toda a peregrinação pedimos a Nossa Senhora que nos enviasse jovens para a nossa Família. Sonhávamos com a formação de uma juventude que pudesse ser uma força dentro da Igreja de Portugal. Hoje, após doze anos, pelo que vi, ouvi, senti e vivi nesta décima segunda peregrinação, posso confirmar que esse sonho foi tornado realidade. 420 pessoas foram totalmente conduzidas por um grupo de jovens (casais e namorados) que nos encantaram com a sua capacidade de organização, a sua simpatia, disponibilidade e, principalmente, a sua profundidade e entrega. Que MARAVILHA! Nossa Senhora tomou muito a sério o nosso pedido e, com certeza, está muito alegre com o resultado.

art-vera-1Em cada dia, explorámos uma das graças presentes nos Santuários de Schoenstatt: no primeiro, o acolhimento; no segundo, a transformação; no terceiro, o envio.
Partimos do nosso Santuário de Schoenstatt rumo ao Santuário de Fátima. De Santuário a Santuário queremos ser santuários vivos. Santuário(s) Alive era o tema e o objectivo foi conseguido: fomos Igreja. Naqueles três dias foi-nos possível viver como os primeiros cristãos, num clima de harmonia, generosidade, entrega, alegria, onde a presença do Espírito Santo e de Maria foi muito forte. Foi a graça do acolhimento.
art-vera-4O caminho escolhido tornou-nos, sem dúvida, mais contemplativos, mais espirituais: começar com a celebração da Eucaristia na Praia dos Salgados, naquele areal fantástico, deserto, com a imensidão do mar como pano de fundo, eleva o espírito (mesmo ao mais comum dos mortais). Caminhar pelo meio do campo, contemplando a natureza, ora em silêncio, ora rezando juntos, ora cantando, ora conversando, encheu-nos a alma de paz, fez-nos sentir melhor a presença de Deus e despertou em nós o desejo de sermos melhores. Foi a graça da transformação.

Este ano, muita gente participou pela primeira vez nesta peregrinação, mas tenho a certeza que, sendo a primeira ou a décima segunda vez, qualquer um de nós acabou por dizer: “Surrender”.Sim, ficámos rendidos à presença tão forte de Maria e de Deus no nosso caminho. E esta força deu-nos uma vontade enorme de ir para o meio do mundo testemunhar todas estas maravilhas… Foi a graça do envio.

art-vera-3

Vera Saldanha



 

Pág. 4 de 5