.

You are here: Home

15.09.2017 – 15.09.2018 - Ano do Pe Kentenich

PeKentenich

Assim foi lançado pela Presidência Internacional um ano que quer ser especial. O sentido e o caminho a percorrer é-nos apresentado na mesma carta:


Ao longo deste ano coloquemos o nosso fundador no centro, o seu pensamento e a sua mensagem, a sua biografia tão rica e fascinante, as respostas que deu aos desafios da Igreja e do mundo e que ainda hoje quer dar através de nós. Este ano dá-nos a oportunidade de aprofundar o vínculo com o nosso pai e fundador, para que o seu carisma reviva novamente em nós. Convidemos a muitas pessoas a conhecer ou a redescobrir o Padre José Kentenich como profeta do nosso tempo!


Esperamos terminar como é desejo de todos:
No sábado 15 de setembro de 2018, como Família de Schoenstatt, queremos dizer ao nosso pai e fundador nos diversos Santuários e Catedrais onde celebremos: “Sim, aqui estamos! Vamos contigo!”. E prometemos à Igreja colaborar com ela na sua missão, no espírito do Padre José Kentenich.


Neste contexto, recordamos palavras de S. João Paulo II e do Papa Francisco sobre a nossa relação com o carisma que nos deixou o nosso fundador.

 

Em 1985, no centenário do nascimento do Padre Kentenich, o Santo Papa João Paulo II recordou-nos a nossa responsabilidade:


“Vós sois chamados a participar da graça que o vosso fundador recebeu e a oferecê-la a toda a Igreja. Porque o carisma dos fundadores revela se como uma experiência do Espírito, que é transmitida aos seus seguidores, para que a vivam, protejam, aprofundem e desenvolvam constantemente em comunhão e para o bem da Igreja, a qual vive e cresce em virtude da sua fidelidade ao seu Divino Fundador”. Audiência do Papa João Paulo II à Família de Schoenstatt, 20.09.1985


A 3 de Setembro de 2015, no encerramento do capítulo geral dos Padres de Schoenstatt, o Papa Francisco deixou palavras que são para toda a Família de Schoenstatt:


“Que mantenham o carisma e o transmitam, de tal maneira que continue a inspirar e sustentar as vossas vidas e a vossa missão. Vocês sabem que um carisma não é uma peça de museu que permanece intacta numa vitrina para ser contemplada e mais nada. A fidelidade, o manter puro o carisma, não significa de modo algum fechado num frasco selado, como se fosse água destilada, para que não se contamine com o exterior.
Não, o carisma não se conserva mantendo-o guardado; é preciso abri-lo e deixar que saia para que entre em contacto com a realidade, com as pessoas, com as suas inquietações e os seus problemas.  E assim, nesse encontro fecundo com a realidade, o carisma cresce e renova-se e também a realidade se transforma e se transfigura pela força espiritual que esse carisma traz consigo.
 O P. Kentenich expressava-o muito bem quando dizia que temos que estar ‘com o ouvido no coração de Deus e a mão no pulso do tempo’. Aqui estão os dois pilares de uma autentica vida espiritual.”

 

Que ao longo deste ano, o nosso Pai Fundador, nos una num só coração e nos comprometamos com a sua missão, realizando o ideal que define e move Schoenstatt em Portugal: Família do pai em terra de Santa Maria, Porta da Europa.

 

P. José Melo

 

Ver também:
Homilia do P. Juan Pablo Cattogio, Presidente da Presidência Internacional de Schoenstatt