.

You are here: Home

Missões Familiares Católicas 2016 - Arraiolos

arraiolos1Domingo, dia 7 de agosto, 42°. Depois de uma partida, ainda pela fresca, do Santuário de Schoenstatt em Lisboa, a Missa das 11h da Igreja da Misericórdia vai começar. Chega um grupo de 79 pessoas, dos 4 aos 54 anos, todos com uma t-shirt cinzenta vestida onde nas costas se lê "Alegrai-vos com a Misericórdia de Deus!”.

 

Começam assim, pelo segundo ano consecutivo, as Missões Familiares Católicas em Arraiolos.

 

E quem são estas pessoas? São famílias - 6 casais com os seus filhos e amigos dos filhos. Cada família leva entre 10 a 12 “filhos”, isto porque os amigos são durante esta semana “adotados" pela família. Este ano, fruto da Missão do ano anterior, adotámos 4  "filhos de Arraiolos”. E peça fundamental do grupo, o Padre José, Padre do Movimento Apostólico de Schoenstatt.

arraiolos2

 

Somos famílias. Famílias Católicas que têm muito claro que só a maravilha da Graça da Fé lhes dá o sustento para viverem como tal, como família, para viverem as alegrias, as exigências e as dificuldades do seu dia a dia.

 

E o que é isto da Missão? É não conseguir guardar este tesouro só para nós. É esta necessidade que cresce dentro de cada um de testemunhar o bom que é viver, ou melhor, tentar viver assim, sustentando a nossa família na Fé.

 

arraiolos3E é isto que fazemos - em Arraiolos, durante uma semana, no Lar, na Creche, no Apoio Domiciliário, na interpelação das pessoas nas suas próprias casas (o chamado "Porta a Porta”) na rua ou no café, no Terço e na Missa que animamos diariamente, com o Teatro que preparamos, na noite das “Conversas com Deus", na tarde de desporto para os mais novos… todos e cada um de nós, procura testemunhar a verdade do nosso lema “Alegrai-vos com a Misericórdia de Deus!".

 

Não sabemos o que fica quando vimos embora. As sementes estão lançadas e rezamos para que a terra seja fecunda. Nossa Senhora tratará do resto. Ela é a grande missionária! Ela fará milagres!

 

Mas sabemos o que fica connosco no fim desta semana. Sabemos que vivemos, em família e numa grande família durante 7 dias, a beleza do que é ser Igreja. Igreja na diversidade dos dons, na entrega, no serviço, no acolhimento, Igreja também nas dificuldades, limitações e pecado de cada um. E principalmente Igreja na verdadeira Alegria e Comunhão que experimentamos todos, dos 4 aos 54 anos!

 

Esta é a maior riqueza que trazemos das Missões Familiares Católicas.

 

Rita Líbano Monteiro

arraiolos4