.

You are here: Sobre Schoenstatt > Heróis de Schoenstatt

Hans Wormer

Ideal Pessoal: “Quero ser uma coluna da Igreja”

Hans WormerNasceu em 1897. Foi aluno do Pe. Kentenich na casa de formação em Schoenstatt e pertenceu aos membros fundadores da Congregação Mariana. Morreu na Primeira Grande Guerra, no Norte de França, a 15 de Julho de 1917.

O seu Ideal Pessoal: “Quero ser uma coluna da Igreja”  reflectia o seu maior desejo. Algo que se destacou na sua vida foi o esforço por adquirir uma excelente formação. Assim, dizia: “saber é poder”. Destacou-se, de modo particular, a sua forte e segura personalidade. Ao falar num estudo a respeito do carácter, o Pe. Kentenich elogia o “ser consequente entre o pensar, o querer e o actuar” de João Wormer. Inúmeras vezes citou: "Aut Caesar aut nihil" (Ou tudo ou nada).

Os seus restos mortais foram transladados para Schoenstatt, em Agosto de 1934. É uma das primeiras “cruzes negras” que se encontra atrás do Santuário Original, junto ao Memorial de José Engling, cujos restos mortais não foram encontrados até à presente data. Estes túmulos expressam o “Nada sem nós” na Aliança de Amor. O Santuário é o “nada sem Ti”.