.

You are here: Artigos > Braga - Abertura Jubileu 18Out13

Braga - Abertura Jubileu 18Out13

Gratidão, alegria, júbilo, louvor, ação de graças, união – foram os sentimentos que pairaram nos corações da Família de Schoenstatt de Braga que, pelas 20h30m do dia 18 de outubro, se juntou no Salão da Casa «Jardim de Maria», para participar na Eucaristia de início do Ano Jubilar do Centenário da Fundação de Schoenstatt.

bg celebracao

Celebração da Eucaristia no Salão da Casa «Jardim de Maria»

A ocasião, já de si, era única, mas o Bom Deus ainda nos presenteou com a celebração da Aliança de Amor de cinco Sacerdotes Diocesanos: P. Albano Nogueira, da Paróquia de Fornelos (Fafe); P. José Araújo, Paróquia de Galegos (Barcelos); P. José Marques, Paróquia de Cepães (Fafe); P. Manuel Martins, Paróquia de Bastuço (Barcelos); e P. Pedro Amorim, Paróquia de Terroso (Póvoa de Varzim).
A Eucaristia, presidida pelo P. Manuel Ribeiro Alves, da União Apostólica de Sacerdotes Diocesanos de Schoenststt e Pároco de Azurém (Guimarães), foi concelebrada por seis Sacerdotes e coadjuvada por um Diácono, tendo-se seguido o guião proposto pela Direção Nacional do Movimento, adaptado para incluir a celebração da Aliança de Amor.
Na Profissão de Fé, todos os presentes acompanharam os Sacerdotes na Renovação das Promessas do Batismo, em que se acenderam as velas da Aliança. 

bg renovacaoRenovação das promessas do Batismo com as velas da Aliança

No ofertório, as Senhoras da União Apostólica Feminina (comunidade que tem à sua responsabilidade o Santuário de Braga) levaram ao altar a Talha do Ano Jubilar, assim como as novas folhinhas para a oferta do Capital de Graças.
 

bg ofertorioMomento do Ofertório

Mas o momento mais aguardado era a abertura da porta do Santuário, que marcaria o início do Ano Jubilar. Dirigimo-nos, então, em procissão até ao Santuário, ao som do Hino Internacional do Jubileu.

bg procissaoProcissão até ao Santuário

O P. Manuel, tocando três vezes na porta com a vara da Cruz, pronunciou as palavras: “Vimos abrir a porta do Santuário como símbolo do início do ano do jubileu da Aliança de Amor. Do Santuário, nasce uma torrente de graças e, ao cruzar hoje o umbral, abrimos também as portas do nosso coração à presença de Deus em nós.”.

bg portaA porta santa vai abrir-se!

A porta abriu-se ao som das badaladas do sino e cantámos “Magnificat”. Já dentro do Santuário, rezámos a Oração da Peregrinação do 2014, terminando com o Hino Nacional do Jubileu.

bg oracao2014 01

bg orao2014 02

Rezando a Oração da Peregrinação do 2014

A nova talha do Capital de Graças, cuja frase “Nada sem Ti – Nada sem nós” tinha sido pintada na véspera por um artista de Azurém, é oferecida à MTA… Mas Ela decerto esperava uma entrega ainda mais especial: a Aliança de Amor dos 5 Sacerdotes desta Diocese.
 

bg capital.gracasOferecendo à MTA a nova talha do Capital de Graças

Os Sacerdotes entregaram-se então a Maria, para se deixarem docilmente educar, conduzir e utilizar pelas suas mãos. Juntos, rezaram: “Movidos pelo lema «Nada sem Ti, nada sem nós!», faz, querida Mãe, que o teu manto protetor se estenda sobre as comunidades confiadas a cada um de nós, sobre as nossas famílias e sobre todos aqueles que trazemos no coração sacerdotal. (…) Nas tuas mãos, conduz a vida de cada um de nós, a fim de que, no seguimento do sacerdócio profético do Padre Kentenich, aprendamos, como discípulos do teu Divino Filho Jesus, a cultivar a nossa relação filial com o Pai”.
 

bg alianca.sacerdotesMomento da Celebração da Aliança de Amor dos Sacerdotes


Os corações encheram-se de alegria e júbilo, pelo que cantámos “Maravilhas”, enquanto os Sacerdotes recebiam as medalhas e assinavam o Livro da Aliança.
 

bg bencao.medalhasBênção das medalhas da Aliança

Este acontecimento único terminaria em grande festa, com bolo e champanhe! E um bolo que expressava bem o simbolismo da ocasião: a Aliança (“arco-íris”) é uma oferta de Deus aos homens; a Aliança de Amor com Maria destes Sacerdotes é uma oferta à Igreja, para a transformação do mundo em Cristo.

bg boloUm bolo cheio de simbolismo

Parabéns à MTA, ao Pai Fundador e à Família de Schoenstatt de Braga, que conta com cinco novos membros. Estes Sacerdotes são agora nossos irmãos na Aliança, os quais nos comprometemos a apoiar com fiéis contribuições ao Capital de Graças.

Elisabete e Paulo Coutinho (texto); M. Fátima e João Moura (fotos)