.

You are here: A Campanha > O que é a Campanha > Como funciona

Como funciona

A Campanha da Mãe Peregrina, para além da sua inspiração e objectivos próprios, tem um método definido pelo seu iniciador, João Pozzobon.

 

As imagens da Mãe Peregrina são réplicas fiéis da imagem original com a qual foi iniciada a Campanha; devem, portanto, conservar esta forma de santuário para exprimir a ligação essencial ao Santuário de Schoenstatt com todas as graças que ali se recebem. Assim identificam e unem espiritualmente todas as pessoas que fazem parte da Campanha em todo o mundo.


As imagens, como autênticos “Santuários Peregrinos”, são abençoadas no próprio Santuário e dali são enviadas através dos missionários da Campanha a percorrer os lares, visitando as famílias.

A campanha está organizada por uma equipa central da Campanha, pelos coordenadores paroquiais e pelos missionários.


Missionários

Cada imagem está sob a responsabilidade duma pessoa, o missionário, que reúne e coordena a sua peregrinação. Durante o tempo da visita, a família reza, se possível em conjunto, especialmente o terço, tendo em conta as suas intenções e as de toda a Igreja e do mundo. No final da visita, a imagem é entregue à família seguinte. Nesse momento devem rezar juntos uma pequena oração, como está indicado mais adiante neste manual.


A dinamização e coordenação da Campanha é tarefa dos missionários que, a exemplo de João Pozzobon, assumem a responsabilidade de levar a imagem da Mãe Três Vezes Admirável de Schoenstatt às famílias que a queiram receber. No contacto pessoal com cada família, o missionário vai preparando e abrindo com amor e abnegação as portas e os corações a Maria e ao seu Filho Jesus. Não se limita apenas a organizar a passagem da imagem duma casa a outra, mas busca, sobretudo, viver como Aquela que leva: “irradiando amor, paz e alegria”, procurando criar uma autêntica comunidade de Igreja, tendo especial atenção para com os mais necessitados.


Também é função específica do missionário organizar o grupo de famílias que deseja receber a visita da Mãe Peregrina, mantendo um registo actualizado. Ele cuida da imagem e do material que a acompanha, informando-se sempre para saber onde ela está. Ensina a rezar (especialmente o terço) e a forma de receber e entregar a imagem. Fomenta a participação activa na vida da Igreja. Faz também a ponte entre o seu grupo e a coordenação central da Campanha.


A Campanha quer estar ao serviço da Igreja e ser um contributo para a pastoral ordinária desta; por isso, para iniciar a Campanha num determinado âmbito (paróquia, escola, prisão,...), dever-se-á falar, primeiro, com o respectivo responsável pastoral sobre a Campanha e pedir a sua aprovação.


Coordenadores

Em algumas paróquias existe um coordenador Paroquial que deve de participar na vida da comunidade paroquial, promover momentos de formação e oração aos missionários e famílias e manter a ligação entre a paróquia e o movimento apostólico de Schoenstatt.

 

Em coordenação com a equipa central da Campanha e o coordenador paroquial, as pessoas visitadas são convidadas para se organizarem numa peregrinação ao Santuário de Schoenstatt. Nossa Senhora, como Mãe, visita as famílias nos seus lares e também espera pelos seus filhos no seu Santuário.