.

You are here: Notícias > Braga > À descoberta dos símbolos do Santuário

À descoberta dos símbolos do Santuário

vigilias braga 1

No segundo sábado de Janeiro, decorreu no Santuário de Braga mais uma Vigília dos S's - Segundos Sábados no Santuário de Schoenstatt de Soutelo. Neste ano da corrente do Santuário, partimos à descoberta dos seus símbolos, que nos ajudam a aprofundar o espírito de Schoenstatt.

De facto, o Padre José Kentenich assim o salienta: "Todos os símbolos que encontramos no Santuário falam-nos. Melhor dizendo: eles não têm apenas um valor próprio. Têm também um valor simbólico (...). O que representam estes símbolos? São os emblemas genuínos do espírito de Schoenstatt (...). Queremos compreender mais profundamente os símbolos essenciais do nosso espírito schoenstattiano para, assim, nos tornarmos capazes de conquistar, passo a passo, todo este nosso espírito." (J.K., 1966).

Como expressão desta caminhada de descoberta profunda do nosso Santuário e também do Capital de Graças oferecido, incluindo as contribuições pelo Santuário Original, vamos pintando um pequeno Santuário... que já está quase conquistado!

vigilias braga 2

Depois da imagem da Mãe e Rainha Três Vezes Admirável e da talha do Capital de Graças, foi agora a vez de explorarmos o Símbolo do Pai, que torna presente no Santuário o olhar amoroso de Deus Pai. Cada um de nós, tomando consciência de que o Seu olhar paternal nos acompanha sempre com amor, pode exclamar "Ele vê-me, Ele ama-me, Ele precisa de mim"!

Assim, o Santuário assume-se como lugar privilegiado de salvação, onde se experimenta o encontro com o Deus da Vida, tal como podemos rezar no Rumo ao Céu:

"Contemplas-nos com olhar de Pai,

fazes-nos participar da felicidade do Filho,

dispões tudo o que nos acontece

para a nossa salvação eterna." (RC 73)

Elisabete Coutinho